Agressividade: associar ou não outra medicação

Em crianças que apresentam sinais de agressividade ao lado do TDA/H, a conduta mais adequada é, ao invés de imediatamente associar outra medicação,  primeiro tentar ajustar individualmente a dose do estimulante. Assim procedendo se obtém redução da agressividade em cerca da metade das crianças que inicialmente se mostraram refratárias com o uso rotineiro de estimulante.

Blader, Pliszka, Jensen et al – Pediatrics, 2010 Oct; 126(4)

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.