Estimulantes e Transtornos Cardiovasculares

Estimulantes e Ocorrências Cardiovasculares em Jovens com TDA/H

Olfson M., et al

Journal of American Acad. Child Adolescent Psychiatry, 2012; Feb; 51(2)

Objetivo: Esse estudo examinou a associação entre o uso de estimulantes e o risco de sintomas e problemas cardiocirculatórios em jovens com TDA/H e comparou os riscos associados com o uso de metilfenidato e de anfetamina.

Método: Foram estudados jovens de 6 a 21 anos de idade, e se comparou o grupo que usou estimulantes com um grupo que não usou estimulantes, em relação à ocorrência de problemas cardíacos (angina, disritmia cardíaca, ou isquemia cerebral) e de sintomas cardíacos ((taquicardia, palpitações, síncope).

Conclusão: Não foram encontradas diferenças significativas na ocorrência de problemas e sintomas cardiovasculares entre os dois grupos. As ocorrências cardiovasculares foram raras e não associadas ao uso de estimulantes.

 

 

 

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.